29 de dez de 2007

Feliz Ano Novo!!!

Mais um final de ano que chega ao fim.
Inicia-se o Ano Novo com promessas, sonhos, desejamos que o próximo ano seje melhor do que o que se passou.
É nessa época que eu me descubro novamente, talvez pelas coisas que passaram e mudaram durante 2007.
Posso afirmar que o ano de 2007, foi o melhor ano da minha vida!!!
Mudei de cidade, fui morar sozinha, iniciei a faculdade de Jornalismo, conheci uma nova irmã, a qual mora comigo, fiz muitas amizades, algumas momentanias, sai e me diverti muito, aprendi a gostar de pagode, aprendi a comer algumas comidas que antes eu não comia. Olha, influência é tudo. Não concorda comigo dona Miss Michele?
Em agosto comecei a trabalhar, então o primeiro emprego, e melhor ainda em uma biblioteca e trabalhei com pessoas muito legais. Com o trabalho eu amadureci muito.
A minha relação com minha família melhorou e muito.
Mas em relação a amigos, nossa eu fiz muitos amigos mesmo.
Em relação ao amor....vamos deixar pra 2008 hehehehe.
Continuo meio encalhada, mas conheci uma pessoa diferente, um homem que hoje posso afirmar mudou muita a minha pessoa. Mas o tempo responderá por nós.
Concluindo, 2007 : o melhor ano, ano em que amadureci, o ano em que ganhei uma nova irmã, o ano em que eu sai e me diverti muito, o ano em que o coração bateu mais forte....o melhor ano...
Eu só desejo que 2008 seje muito melhor que esse que passou, que eu possa melhorar e continuar sonhos e projetos.
Feliz 2008 á todos.
Valeu por tudo amigos. Adoro vcs.Bjus

27 de dez de 2007

Essa saudade

Li hoje na página da internet o poema "A dor que dói mais" da Martha Medeiros, simplesmente adorei, o que ela escreve no poema é sobre a saudade.
Chega essa época do ano, parece que a saudade aumenta, saudade de tudo.

"Saudade é não saber. Não saber o que fazer com os dias que ficaram mais compridos, não saber como encontrar tarefas que lhe cessem o pensamento, não saber como frear as lágrimas diante de uma música, não saber como vencer a dor de um silêncio que nada preenche", escreveu Martha.

Não sabemos explicar esse sentimento que nos acompanha durante toda vida. Parece inútil escrever sobre algo que é tão comum, mas que é tão doloroso.
Saudade, sentimento que dói e que corói, que destrói vidas, que aproxima vidas. A saudade sentindo só pra explicar. Quando estamos com saudades, queremos voltar o tempo, corrigir erros, resgatar momentos que foram bons, e querer ao nosso lado uma pessoa que gostamos.
Ai a saudade....saudade da infância, das brincadeiras na escola, dos amigos, das festas, de lugares inesquecíveis, saudade do por do sol, do banho de rio, das mentiras, saudade de um tempo em que tudo era sonho, onde as coisas não eram impossíveis, saudade dos pensamentos infantis, saudades dos primos, saudades da comida da mãe, do bronca do pai, da briga com a irmã, saudade do animal de estimação, saudade daquele amor adolescente que se guarda até hoje.
Saudade do passado. É isso, eu estou com saudade do passado, que foi e não volta mais.

26 de dez de 2007


A saudade é que faz as coisas pararem no tempo, faz com que vidas se aproximem, vidas se desencontram.

Tem certos dias na vida da gente que tudo da errado. E tem dias que tudo da certo. E tem aqueles dias que acontecem coisas inexplicáveis. Tem aqueles dias que a gente quer sumir do mundo, e tem certos dias que nada nos agrada, há também aqueles dias que tudo passa por despercebido, e dias que se tornam especiais, e dias que queremos esquecer.

Eu acredito que na vida tudo passa.

Mas só hoje eu quero esquecer de amores, quero esquecer que acreditei que era por brincadeira que se tornou séria.

Vivo em felicidade instantânea. Algumas horas atráz estava tudo bem e de repente tudo mudou. O dia começou estranho e terminou triste, mas tudo bem. Nada como o dia após o outro, como eu sempre digo: Escolha a esperança em vez da desconfiança.

Bjos,aqueles que me escutam.

Saudades

Essa época pra mim é sempre muito complicada. Me deparo com problemas pessoais, de família.
Sinto falta do natal da minha infância. Me lembro como se fosse ontem.
Toda família se reunia na casa de meu avós paternos. Meu pai é entre onze irmãos, imagina o tamanho da família, grande mesmo. Lembro que presentes me aguardavam, de padrinhos, tios....nossa como era bom, tempos que não voltam mais. Tempo que se tornou lembrança, tempo que a gente guarda e quer esperança pra que um dia torne a voltar.
Posso afirmar que aproveitei essa fase, meu natal era verdadeiro e foi muito bom, mas que hoje vive em lembranças.
Mais nada a declarar, mais nada a escrever.....Saudade só.

21 de dez de 2007

Feliz Natal!

Sábado fui as compras com minha amiga. Presente pro pai, mana, afilhados. O que eu achei legal eu comprei. Mas pra minha , coitada, está sem presente ainda!
Que vergonha, vergonha mesmo. Não posso dizer que não havia opções, isso tinha de sobra, mas o que estava faltando era meu ritmo empolgante para a escolha certa de seu presente.
Estou indo agora comprar o presente, tenho que comprar. Fica feio, eu não dar uma lembrança a querida mamãe.
Muitos não dão presentes, não por opção, mas o fato de não ter como dar.
Não é o meu caso. Quando vejo que o verdadeiro espírito de natal não existe mais, como existia um tempos atráz (se é que existiu), fico triste.O que vejo é espírito comercial, ceia de natal, feriado planejado e não volta mais destes que se foram para se discontrair com a familia.
Mas mais uma vez desejo um feliz natal, de muita alegria, espírito renovado e muita reflexão.
Mas...
Vou lá agora comprar meu presente!

18 de dez de 2007

Indignação

Cada vez mais fico me indagando com os problemas sociais do Brasil.
Acordei hoje pela manhã, tomei meu café com uma atenta leitura do jornal. Fiquei impressionada após ter lido uma matéria com o bispo dom Luiz Flavio Cappio, 61 anos, que está fazendo greve de fome para protestar contra uma obra rejeitada por muitas entidades e apoiada por muitas pessoas. Trata-se da transposição do Rio São Francisco, o maior do nordeste.
Faz 22 dias que o bispo está em jejum por ser contra um projeto do governo federal de construir gigantescos canais de irrigação a partir do São Francisco. Cappio diz ser contra porque não é um projeto social.
Não é fácil você lutar e saber que são poucos que ajudarão, entendem e questionam o assunto.
O bispo sabe disso. Está é a segunda vez que o bispo realiza a greve de fome. Na primeira vez foram 11 dias de greve de fome que desencadeou em uma onda nacional de solidariedade.
O julgamento acontecerá amanhã, caso a decisão for favorável, deve-se abrir um espaço para rediscutir toda a obra...
Não é uma continuação, esse assunto terá muito que se falar.

17 de dez de 2007

Compreensão

^^ Relaxe se não for capaz de compreender tudo o que deseja agora, nesse exato momento, certas coisas levam tempo, e tendo interesse você vai compreender tudo que deseja, talvez amanhã, talvez daqui a alguns anos ^^

Mario Quintana


O que estou sentindo agora...se reflete nesse poema....

Não quero(Mário Quintana)

Não quero alguém que morra de amor por mim... Só preciso de alguém que viva por mim, que queira estar junto de mim, me abraçando.Não exijo que esse alguém me ame como eu o amo, quero apenas que me ame, não me importando com que intensidade.Não tenho a pretensão de que todas as pessoas que gosto, gostem de mim... Nem que eu faça a falta que elas me fazem, o importante pra mim é saber que eu, em algum momento, fui insubstituível... E que esse momento será inesquecível...Só quero que meu sentimento seja valorizado.Quero sempre poder ter um sorriso estampando meu rosto, mesmo quando a situação não for muito alegre...E que esse meu sorriso consiga transmitir paz para os que estiverem ao meu redor.Quero poder fechar meus olhos e imaginar alguém... e poder ter a absoluta certeza de que esse alguém também pensa em mim quando fecha os olhos, que faço falta quando não estou por perto.Queria ter a certeza de que apesar de minhas renúncias e loucuras, alguém me valoriza pelo que sou, não pelo que tenho... Que me veja como um ser humano completo, que abusa demais dos bons sentimentos que a vida lhe proporciona, que dê valor ao que realmente importa, que é meu sentimento... e não brinque com ele.E que esse alguém me peça para que eu nunca mude, para que eu nunca cresça, para que eu seja sempre eu mesmo.Não quero brigar com o mundo, mas se um dia isso acontecer, quero ter forças suficientes para mostrar a ele que o amor existe... Que ele é superior ao ódio e ao rancor, e que não existe vitória sem humildade e paz.Quero poder acreditar que mesmo se hoje eu fracassar, amanhã será outro dia, e se eu não desistir dos meus sonhos e propósitos,talvez obterei êxito e serei plenamente feliz.Que eu nunca deixe minha esperança ser abalada por palavras pessimistas... Que a esperança nunca me pareça um "não" que a gente teima em maquiá-lo de verde e entendê-lo como "sim".Quero poder ter a liberdade de dizer o que sinto a uma pessoa, de poder dizer a alguém o quanto é especial e importante pra mim, sem ter de me preocupar com terceiros... Sem correr o risco de ferir uma ou mais pessoas com esse sentimento.Quero, um dia, poder dizer às pessoas que nada foi em vão... que o amor existe, que vale a pena se doar às amizades a às pessoas, que a vida é bela sim, e que eu sempre dei o melhor de mim... e que valeu a pena!!!

Imortal

Sábado, 15 de dezembro, Oscar Niemeyer, um dos maiores arquitetos brasileiros, completou seu centenário. Conhecido pelos projetos de Pampulha ou Brasília, Oscar é referencia de cultura nacional.
"A minha arquitetura não é uma solução para a arquitetura. Assim como na pintura a gente está de acordo que não existe a pintura a gente está de acordo que não existe a pintura antiga e a moderna, existe a boa e a má pintura, na arquitetura é a mesma coisa. O ideal é cada um procurar o seu caminho e fazer o que gosta.." (Oscar Niemeyer).
Nascido no Rio de Janeiro, arquitetura de Nymeyer sempre despertou reações contraditórias, os projetos dele são formados por vários elementos e uma das qualidades desse arquiteto é a universalidade.

Centenário, obras, projetos, construções eternas que ficaram para sempre guardadas deste ilustre arquiteto.

Parabéns Nyemeuer!!!

14 de dez de 2007

Ídolo


Começei ontem a ler o livro"Renato Russo de A a Z. As idéias do líder da Legião Urbana".

Foi o suficiente para eu ter certeza de que ele é meu ídolo. Seja pelas idéias, sentimentos, revoltas, admiro muito o trabalho que ele fez.

No começo do livro ele escreveu algo sobre a amizade:

"Amizade é quando você encontra uma pessoa que olha na mesma direção que você, compartilha a vida contigo e te respeita como você é. Uma pessoa com a qual você não precisa ter segredos e que goste até de seus defeitos. Basicamente, é aquela pessoa com quem você quer compartilhar os bons momentos e os maus, também (1995)".

E Renato Russo, diz que sente arrependimento quando não aprende com os erros. Não havia escutado ou lido essa frase antes. Mas é simples e verdadeira.

O que eu mais me surpreendi lendo o livro....foi saber que ele passou no vestibular aos 17 anos, para Comunicação, e conseguiu sindicalizar-se como jornalista antes de se formar. Me identifiquei mais ainda com ele.

Vou ressaltar mais uma frase desse meu ídolo: "O que me salva? É saber que existem coisas além da minha compreensão e que eu não sou o dono do mundo" (1995). Perfeito.

"Estou num momento complicado, difícil, mas estou sereno. A dor é inevitável, mas o sofrimento é opcional (1995) ", escreveu Renato.

Muito depressivo, ele nos descreve um pouco dessa doença.

"Eu não consigo parar de pensar e ficar preocupado com tudo o que acontece. Então, fico muito deprimido, ás vezes. Fico achando que as pessoas são cegas, não querem ver o que está acontecendo, não se ajudam. Estou do meio para o fim de uma depressão, e a terapia é trabalhar. Eu me esforço pra sair, me alimentar bem, tomar sol, fazer exercício (1995)".

Lendo o livro você vai conhecendo aos poucos o pensar desse meu ídolo. É uma boa leitura para o fim de semana. Vou parar por aqui hoje. Mas a história desse meu ídolo não morre nunca.

Abraço a todos. Um bom fim de semana.

13 de dez de 2007

O começo

Pra começar, quero agradecer a amigas e amigos, aqueles que estão no meu lado sempre.
"Tudo na vida passa e tudo na vida se supera". Posso dizer que esse foi meu dilema esse ano. Aprendi muita coisa, fiz muitas amizades, errei muito e errando eu aprendi ainda mais.
Nesse blog não vou colocar coisinhas da vida, mas sim opiniões, o que está acontecendo com o Brasil, mundo, amigos, família. Vou escrever tudo que esta relacionado ao simples fato de VIVER.
Sejam bem vindos ao meu blog!!!