28 de dez de 2009

Passou


E lá se vai mais um ano. 365 dias. E nesta reta final temos as mesmas conversas de final de ano. Como o ano passou rápido, parece que foi ontem que o ano inicio. E está sensação vai seguir-nos por muito tempo, uma sensação de rapidez com que as coisas acontecem.
E é mesmo. E quando junta toda familia percebemos como os primos que pegamos no colo estão enormes. Já estão fazendo festa, aprontando horrores, assumindo compromissos.
Percebemos que os nossos pais não tem mais aqueles plano de um futuro melhor.
Percebemos que o futuro não está mais distante assim, como quando éramos crianças.
Tomamos conta de que a vida não é só brincadeira, que é hora de agir.
E que nossos pais não vão viver pra sempre.
Começamos a conviver com a morte de familiares. Os avô, avós, tios, tias e vizinhos conhecidos.
E então bate uma certa aflição de que nem tudo é eterno.
Existem momentos. E estes momentos quando bons devem ser aproveitados o máximo e quando ruins ou tristes, fazer deste momento um aprendizado.
E assim é a vida. Uma verdadeira passagem. Um rio. Que nasce e chega um ponto final. De rio, assim somos nós, seres humanos. Leves como a água e por momentos duros como as pedras.

Feliz 2010 á todos

11 de dez de 2009


coração PRA CIMA escrito em baixo FRÁGIL

Paulo Leminsk

Vale a pena tentar ainda


Chove lá fora.. E a sensação de que todos estão estressados, correndo com pressa, não é só minha impressão. Realmente o final de ano está ai, então começamos a repensar como foi ano, o que de bom aconteceu, o que da pra melhorar, e o que realmente fica para traz. Tem coisas que vale a pena a gente tenta, sonhar. Agora tem outras coisa que, quando se teve a oportunidade e não se realizou não voltam mais. Digo com toda certeza porque aconteceu comigo. Tive a oportunidade de um tempo atrás fazer uma escolha e hoje tenho certeza que me arrependi. Foi me dado um chance, mas conseqüentemente eu não consegui. Fiquei triste, estou triste. Continuar num lugar (cidade) que detesto. Mas como sempre dizem...a fila anda heheh...digo a vida continua.. Eu não vou deixar de lutar, quem sabe eu volta pra lá. É só uma questão de tempo. "Quem é que dita sempre alcança", assim cantarei. Não vou desistir no primeiro não, de muitos que virão. Vamos lá. Até porque tenho que pensar na ceia de natal.

10 de dez de 2009

5 de dez de 2009

Expectativa aumetando



Já estou pesquisando voos para O rio de Janeiro e hotél. Dia 28 de fevereiro está chegando e é claro a expectativa aumentando. Abaixo, um pouco mais da minha banda favorita.

Biografia de Coldplay




Formação (1996-1999)

O quarteto formado por Chris Martin, Jonny Buckland, Guy Berryman e Will Champion teve seu início na University College London (UCL). Tudo começou quando Chris Martin e Jonny Buckland se conheceram em 1996, logo nos primeiros dias de aula na universidade. Logo depois, Guy Berryman se juntou aos dois e o trio se apresentava então como Pectoralz. No ano seguinte, teve seu nome mudado para Starfish. Mais tarde, eles admitiriam que esse era um nome de péssimo gosto.

Em 1998 Will Champion chegou ao grupo para finalizar o quarteto. Will cresceu ao som do piano, guitarra, baixo e tin whistle (uma flauta tradicionalmente tocada na Irlanda) e, apesar de não saber tocar bateria, rapidamente aprendeu a tocar o instrumento. Logo depois, a banda passou a ser chamada Coldplay. No mesmo ano foi lançado o primeiro EP: Safety, com apenas 500 cópias. Entre as que foram distribuídas a gravadoras e amigos, sobraram apenas 50 para a venda ao público. Em dezembro, a banda assinou contrato com a gravadora independente Fierce Panda.

“Brothers and sisters, unite, it’s the tima of your lives” (Brothers and Sisters)

Em abril de 1999, a banda lançouo EP Brothers & Sisters e foi elogiada pela revista New Musical Express como uma das melhores bandas de 1999.

Safety e Brothers and Sisters abriram caminho para outro EP: The Blue Room, lançado em outubro de 1999. Com uma nova gravadora, a Parlophone, Coldplay começou a tocar em vários festivais de música.

Parachutes (1999-2001)

“We live in a beautiful world, yeah we do, yeah we do” (Don’t Panic)

Já contratados pela Parlophone, os integrantes se concentraram em finalizar seu primeiro álbum, Parachutes, em julho de 2000. As músicas "Yellow" e "Trouble" ganharam popularidade nas rádios da Europa. A banda, que esperava vender 40 mil unidades, vendeu mais de 1,6 milhões de cópias de julho a dezembro, apenas na Grã-Bretanha.

O primeiro show no qual a banda brilhou aconteceu durante um festival em Manchester, 1999. A melodia doce e as letras melancólicas agradaram rapidamente o público. O primeiro álbum, Parachutes, confirmou o que já aparecia nos shows: a personalidade marcante do grupo tinha conquistado seus adeptos e as canções recém-lançadas "Shiver" e "Yellow" ganhavam as paradas de sucesso na primavera de 2000. O trabalho com Parachutes rendeu ao Coldplay uma indicação ao Mercury Music Prize, prêmio britânico disputado em novembro do mesmo ano. Pouco tempo depois, o grupo percebeu que seu trabalho já tinha cruzado o continente: "Yellow" tinha sido escolhida como tema de uma campanha publicitária da rede de televisão americana ABC.

Tendo sucesso na Europa, os integrantes embarcaram para os Estados Unidos. O álbum foi um sucesso na América do Norte, com boas críticas dos norte-americanos. Em 2001, eles fizeram uma turnê de dez dias pelos Estados Unidos. Ingressos esgotados e letras entoadas por um coro de milhares de vozes deixaram claro que a banda de alma britânica tinha conseguido seu espaço dentro do disputado mercado da América. Rumores de separação que atingiram o grupo durante a turnê americana e os constantes resfriados causados pela exaustão de Chris Martin nos vocais, fizeram os shows nos Estados Unidos serem suspensos. Mesmo assim, no verão de 2001, o Coldplay emplacava outra canção nas paradas: desta vez, a eleita do público foi "Trouble".

O álbum Parachutes ganhou o Grammy na categoria de melhor álbum alternativo em 2002.

A Rush of Blood to the Head (2001-2004)

“Give me real, don’t give me fake...” (Politik)

Em outubro de 2001, Chris, Jonny, Guy e Will voltaram aos estúdios para trabalhar seu segundo álbum: A Rush of Blood to the Head, que foi lançado em agosto de 2002, com os singles "In My Place", "Clocks" e a balada "The Scientist". O álbum foi considerado como um amadurecimento musical por parte do grupo. Receberam melhores críticas e venderam mais cópias do que Parachutes. O sucesso do trabalho criou grande expectativa diante da chegada de AROBTTH.

O segundo álbum da banda coleciona hits. O hit "Clocks" fez a banda ficar mundialmente conhecida. "In My Place" e "The Scientist", também ajudaram. A Rush of Blood to the Head ganhou o prêmio Grammy na categoria "melhor álbum alternativo", em 2003. Em 2004, Coldplay venceu na categoria "gravação do ano" com "Clocks".

O Coldplay, então se tornou uma banda de peso. Mesmo com apenas dois álbuns, o grupo saiu em turnê pelos cinco continentes (foi quando passaram pelo Brasil pela primeira vez). A banda fez uma turnê mundial de junho de 2002 a setembro de 2003. Aproveitando a turnê, gravaram um CD e DVD ao vivo no Hordern Pavilion em Sydney, Austrália, chamado Live 2003. Em 2004, o grupo descansou da turnê e passou a trabalhar nas gravações do próximo álbum.

X&Y (2004-2006)

“Well I feel like they're talking in a language I don't speak…And they're talking it to me” (Talk)

O lançamento do álbum demorou a acontecer. Conhecido mundialmente, o grupo desfrutou do privilégio de ter fãs em massa fora da Europa. X&Y foi lançado em diversos países no final de junho de 2005 na Europa. O primeiro single do álbum, "Speed of Sound", foi lançado nas rádios e lojas online em 18 de abril e lançado em CD dia 23 de maio de 2005. Outros singles lançados no ano foram "Fix You" em setembro e "Talk" em dezembro.

X&Y chegou ao topo da UK Album Chart com 464.471 cópias vendidas na primeira semana. O álbum também fez sucesso nos Estados Unidos, vendendo cerca de 737.000 na primeira semana.Chris Martin disse que o nome do álbum X&Y é uma referência aos pontos altos e baixos da vida no seu dia-a-dia: "Meu dia inteiro é uma mistura de otimismo e pessimismo nas suas mais extremas formas. E isso que é X&Y para mim, são dois lados. Eu gosto do fato que elas são letras muito fortes, muito claras".

X&Y foi o álbum mais vendido daquele ano, com 8,3 milhões de cópias vendidas em todo mundo. Apesar de ter recebido algumas críticas que o colocavam como uma cópia do disco anterior, a resposta do público para o trabalho foi imediata.

Viva La Vida or Death and All His Friends (2008)

“Revolutionaries wait for my head on a silver plate” (Viva la Vida)

O quarto álbum do grupo intitulado Viva la Vida or Death and All His Friends, foi lançado no dia 12 de junho de 2008 nos Estados Unidos, com a produção de Brian Eno. Chris Martin afirmou que escolheu o nome após vê-lo em um quadro da artista mexicana Frida Kahlo. "Ela passou por muita coisa, claro, e aí começou uma grande pintura em sua casa que dizia Viva la Vida or Death and All His Friends. Eu simplesmente amei a ousadia disso", disse.

Falando sobre o novo álbum Dave Holmes, empresário do grupo, disse à Billboard: "Eu acho que é o melhor álbum da banda. É um disco fantástico. Eles realmente conseguiram". O primeiro single, "Violet Hill", foi disponibilizado em download gratuito exclusivamente no site oficial da banda. A canção esteve disponível durante uma semana e chegou às lojas digitais a 6 de maio de 2008. Dia 7 de maio, saiu uma edição limitada em vinil com a revista inglesa NME e incluiu o single "Violet Hill" e um lado B exclusivo, intitulado "A Spell a Rebel Yell". O segundo single, "Viva la Vida" tornou-se o maior sucesso do grupo, alcançando numa mesma semana de junho a primeira posição nos Estados Unidos e no Reino Unido, feito até então inédito para a banda. E em 21 de novembro de 2008 foi lançado mais um EP intitulado Prospekt's March.

Em 8 de fevereiro de 2009, o álbum Viva la Vida recebeu sete indicações para a 51ª Edição Anual do Grammy Award nas categorias: Álbum do Ano (Viva la Vida or Death and All His Friends), Registro do Ano, Canção do Ano, Melhor Performance Vocal Pop por um Duo ou Grupo (para "Viva la Vida"), Melhor Canção de Rock, Melhor Performance de Rock por um Duo ou Grupo (para "Violet Hill") e Melhor Álbum de Rock (por Viva la Vida or Death and All His Friends). A banda levou três prêmios, nas categorias Canção do Ano para "Viva la Vida", Melhor Álbum de Rock para Viva la Vida or Death and All His Friends e Melhor Performance Vocal Pop por um Duo ou Grupo por "Viva la Vida".

No dia 15 de maio de 2009, a banda disponibilizou em download gratuito no seu site oficial o álbum LeftRightLeftRightLeft, que atualmente é o mas novo lançamento da banda.
Fonte: Coldplay Brasil.

1 de dez de 2009

La Coldplay


Mais Coldplay pra entrar no clima

The Scientist

O Cientista



Come up to meet you, tell you I'm sorryEstou indo te encontrar, te dizer que eu sinto muito
You don't know how lovely you are Você não sabe quão adorável você é
I had to find you, Tell you I need you Eu tive que encontrar você, te dizer que eu preciso de você
And tell you I set you apart E te dizer que eu te deixei de lado
Tell me your secrets, And ask me your questions Me conte seus segredos e me pergunte suas dúvidas
Oh let's go back to the start Oh vamos voltar para o começo


Running in circles, Coming in tailsCorrendo em círculos, atrás de nossos rabos
Heads on a science apart Cabeças em uma ciência distante


Nobody said it was easyNinguém disse que era fácil
It's such a shame for us to part Oh é mesmo uma pena nós nos separarmos
Nobody said it was easy Ninguém disse que era fácil
No one ever said it would be this hard Ninguém nunca disse que seria tão difícil
Oh take me back to the start Oh leve-me de volta ao começo


I was just guessing at numbers and figuresEu há pouco estava adivinhando números e dígitos
Pulling the puzzles apart Solucionando os quebra-cabeças
Questions of science, science and progress Questões de ciência ciência e progresso
Don't speak as loud as my heart Não falam tão alto quanto meu coração
And tell me you love me, Come back and haunt me Diga-me que me ama, volte e me assombre
Oh when I rush to the start Oh e eu corro para o começo


Running in circles, Chasing tailsCorrendo em círculos, perseguindo nossos rabos
Coming back as we are Voltando para o que nós somos


Nobody said it was easyNinguém disse que era fácil
Oh it's such a shame for us to part Oh é mesmo uma pena nós nos separarmos
Nobody said it was easy Ninguém disse que era fácil
No one ever said it would be so hard Ninguém nunca disse que seria tão difícil
I'm going back to the start Eu estou voltando para o começo

17 de nov de 2009

E vamos a Santa Maria!!!


Feliz. Contente. Assim estou. Apesar de estar entulhada de trabalhos, Iniciação Cientifica , e mais o trabalho. Mas tem algumas coisas que me deixam extremamente bem. E uma delas e é ir pra Santa Maria. Amo Santa Maria. Sou apaixonada por essa cidade. Sei que não é a cidade mais limpa, linda, mas sinto um bem estar lá que não consigo sentir aqui nessa "Santa Cruz". Estarei nos dias 19 ,20 e 21 participando de 34° Secom , Semana de Comunicação da UFSM que tem como tema “Que midia é essa? Comunicação e convergência”. Além de eu participar de oficinas legais propostas, estarei realmente no meio acadêmico, porque acredito que as estudantes de lá realmente pensam, bem diferente dos alunos da Unisc. Claro, isso na minha opinião. Deixo bem claro, a real importância da participação deste eventos, fora da grade curricular. É isto! E por se tratar de Santa Maria, melhor ainda! E la me vou... Quem sabe eu fiquei por lá...e não volte mais...

14 de nov de 2009

Coldplay


Já comprei meu ingresso para o show do Coldplay outro ano, dia 28 de fevereiro, na Praça da Apoteose, RJ.

Abaixo uma letra de música da banda

LOST
just because I'm losing
Doesn't mean I'm lost
Doesn't mean I'll stop
Doesn't mean I'm across


Just because I'm hurting
Doesn't mean I'm hurt
Doesn't mean I didn't get what I deserved
No better and no worse


I just got lost!
Every river that I tried to cross
Every door I ever tried was locked
Ohhh and I'm just waiting 'til the shine wears off


You might be a big fish
In a little pond
Doesn't mean you've won
'Cause along may come
A bigger one


And you'll be lost!
Every river that you tried to cross
Every gun you ever held went off
Ohhh and I'm just waiting until the firing's stopped
Ohhh and I'm just waiting 'til the shine wears off


Ohhh and I'm just waiting 'til the shine wears off
Ohhh and I'm just waiting 'til the shine wears off

vamos tentar


É tudo novo de novo
Vamos nos jogar onde já caímos
Tudo novo de novo
Vamos mergulhar do alto onde subimos

6 de nov de 2009

Dica

Ando meio estressada.Trabalho, faculdade, irmã, e mais...e final de ano.
Mas é preciso calma, muita calma.
Ai vai uma dica boa pro findi!

VIVER SEM ESTRESSE
Você não se sente estressado pelo que acontece a você, mas pelo modo que reage aos
acontecimentos, como interpreta a situação pela qual está passando. Se você deseja viver
uma vida longe do estresse, procure detectar os pensamentos negativos; tome consciência
deles e decida-se a mudá-los. Estudos mostram que pessoas pessimistas têm maior propensão
às doenças; que o negativismo provoca acentuada queda no sistema imunológico. Procure
desenvolver pensamentos otimistas. Preste mais atenção a si mesmo e se “sinta”: “sinta” o
frescor da água que lava seu rosto cada manhã; “sinta” o sabor do alimento que você ingere
na refeição; “sinta” o calor do sol aquecendo sua pele enquanto faz sua caminhada. Você
perceberá que existe infinitos motivos para ser otimista e se alegrar pelo simples fato de viver,
e viver sem estresse.

Fonte: Dra Ely Barreto

3 de nov de 2009

em vão...


"O tempo vai mudar as coisas de lugar.
O tempo vai curar a dor"

30 de out de 2009

passar..


Essa semana foi corrida. Tive uma trabalho imenso a fazer. E uma temida prova para estudar. Quinta - feira, ontem, tirei o dia para estudar ética com uma amiga. Fez muito calor ontem , assim como hoje. Mas o que quero esclarecer, nas horas vagas que tive ontem a noite e não trabalhei eu sentei-me na sacada, na companhia de um bom chimarrão. E então curti a minha companhia. Como estava muito quente, e já era tardinha, consegue deslumbrar o por do sol, que praticamente adoro. Vi crianças lépidas e faceiras correndo pra lá e pra cá. Brincando e saltitando. Observei vizinhos passeando com seus cachorros. Muitos vizinhos também fazendo as tradicionais caminhadas que voltam com tudo nesta época. É bom você quebrar a rotina ás vezes e ficar sentada olhando para nada, ou vendo o mundo passar. Legal esta sensação. Mas ao mesmo tempo, fico nostálgica. Pensando na minha infância, penso no tempo em que eu não trabalhava e não dava valor para algumas horas, que hoje para mim são importantes. É isso. De vez em quando...ver o mundo passar e se calar! Bom final de semana!!!

23 de out de 2009

Lembre-se de passar tempo com as pessoas que ama, pois elas
não estarão aqui para sempre.

Lembre-se de dar um abraço carinhoso em seus pais, num amigo,
pois não lhe custa um centavo sequer.

Lembre-se de dizer 'eu te amo' à sua
(seu) companheira(o)

e às pessoas que ama, mas, em primeiro lugar, se ame...

Um beijo e um abraço curam a dor,

quando vêm de lá de dentro.

Por isso, valorize sua familia e as pessoas que estão ao

seu lado, sempre!!!!!

Autor desconhecido

21 de out de 2009

fora de ar...


Na maioria das vezes tentamos fazer o que podemos. Melhor satisfazer, atender. Tem dias, que não conseguimos, fracassamos. E pra ser sincero, eu quero férias....

"vazio agudo ando meio cheio de tudo."
Paulo Leminski

19 de out de 2009

Pense...


Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes, mas não esqueço de que minha vida é a maior empresa do mundo. E que posso evitar que ela vá à falência.
Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver, apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise.
Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar um autor da própria história.
É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma.
É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.
Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos.
É saber falar de si mesmo.
É ter coragem para ouvir um não. É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.

14 de out de 2009

A cidade da DIVERSIDADE


Ontem voltei de São Paulo. Passei o feriadão na terra da garoa. Fui na quinta e retornei na terça, como já havia escrito. Não conhecia São Paulo ainda. Os cinco dias em São Paulo foram muito bem aproveitados.
Fui com minha amiga Jorcenita. Fomos a Porto Alegre, de lá até o aeroporto Salgado Filho. A viagem de avião foi tranquila.
Quando chegamos lá, deixamos as coisas no hotel e saímos na Avenida Paulista. Quanto movimento! Pessoas! Carros!
Fomos em um barzinho na Rua Augusta. E caminhando pelas ruas pude observar como é a diversidade de pessoas que você encontra lá.
Na verdade são pessoas de todos os cantos do mundo. É chines, japonês, tem nordestino, carioca, gaúcho. É uma baita "misturança" que deu certo.
Visitei vários lugares legais ao lado da Jo , da Simone e do Zé.
Conheci a USP, a 25 de Março, o bairro Liberdade, o Brás, Masp, Pinacoteca, Estação Pinacoteca, Museu da Língua Portuguesa , fui na exposição do poeta, romancista, compositor e tradutor Paulo Leminski no Itaú Cultural. Conheci a livraria Cultura (me apaixonei), e outros lugares legais. E andei muito de metro.
Posso afirmar que adorei conhecer São Paulo e quem sabe morar lá.
gente com muita pressa e com muita fome e fora as favelas, que são muitas. Mas o que me chamou a atenção foi a simplicidade da maioria das pessoas. Todas muito simples. E agora afirmo também: SP também é o lugar onde tem pessoas mais bonitas.

7 de out de 2009




Por que eu sei que é amor

Titãs

Composição: Sérgio Britto e Paulo Miklos

Porque eu sei que é amor
Eu não peço nada em troca
Porque eu sei que é amor
Eu não peço nenhuma prova

Mesmo que você não esteja aqui
O amor está aqui
Agora
Mesmo que você tenha que partir
O amor não há de ir
Embora

Eu sei que é pra sempre
Enquanto durar
E eu peço somente
O que eu puder dar

Porque eu sei que é amor
Sei que cada palavra importa
Porque eu sei que é amor
Sei que só há uma resposta

Mesmo sem porquê eu te trago aqui
O amor está aqui
Comigo
Mesmo sem porquê eu te levo assim
O amor está em mim
Mais vivo

5 de out de 2009

...passou...


O primeiro amor passou. O segundo amor passou. O terceiro amor passou. Mas o coração continua.


Parte da poesia de Drummond

2 de out de 2009

Confirmado: Coldplay no Brasil em 2010


Os fãs da banda Coldplay, assim como eu, podem ver a sua banda de pertinho em 2010 aqui no Brasil. A banda confirmou, um show no Rio de Janeiro dia 28 de Fevereiro (Praça da Apoteose), e em São Paulo, no dia 2 de Março (Estádio do Morumbi). Fiquei muito feliz com a novidade! Depois de tanta espera! Adoro o som deles e é uma das minhas bandas favoritas. Agora só resta eu torcer para ter sorte ao comprar o ingresso!!! Vou conseguir!!!! E estarei lá...


VIVA LA VIDA

1 de out de 2009

Viva a volta de Deise!!!


Há três meses atrás postei um texto aqui falando da minha mãe adotiva da biblioteca. Ela á a Deise Moura, minha mãe. Deise foi afastada do trabalho a meses atrás devido a gripe A, pois já superou o câncer. E pessoas que tiveram câncer são mais vulneráveis a contrair a gripe. Então, Deise foi afastada. E eu, e vários amigos que gostam de Deise, sentimos muito a sua falta. No começo foi bem complicado. Eu sentia um vazio enorme. Quando minha mãe adotiva retornava do seu intervalo e almoço, íamos para as estantes guardar livros ou revistas e ficávamos falando da vida. Problemas, alegrias, dúvidas. Não importava o assunto, a companhia e os discursos de Deise eram mais importantes do que outras coisas. Conversando com ela, eu sentia que alguem realmente me ouvia e me dava conselhos. E quando Deise se afastou do trabalho, nossa. Muita saudade . Foi na ausência de minha mãe adotiva por muito tempo, que eu pude constatar o quanto ela é importante pra mim. Te adoro! E seja bem vinda amanhã!

30 de set de 2009

Amiga


A Iara, a colega da foto é uma pessoa muito querida!!!
Batalhadora.

28 de set de 2009



"Não vou viver,

como alguém
que só espera
um novo amor,

Há outras coisas no
caminho aonde eu vou,

As vezes ando só,
trocando passos
com a solidão,

Momentos que são meus
e que não abro mão,

Já sei olhar o rio
por onde a vida passa,

Sem me precipitar
e nem perder a hora,

Escuto no silêncio
que há em mim e basta,

Outro tempo começou,
pra mim
agora"
Ana Carolina

São Paulo!


Faltando três meses para terminar o ano de 2009. E na próxima semana, mais precisadamente dia 8 de outubro viajarei com minha amiga Jorcenita para a grande São Paulo. Vai ser incrível! Muito lugar pra caminhar e conhecer! Desde a USP até a 25 de março! E ainda não me dei conta que já é na outra semana. Sei que irei me divertir bastante, ainda mais na companhia da Jo! E é assim que se constrói a vida. Família, amigos, estudo, trabalho, casa, passeios e viagens! Mas principalmente de pequenos momentos que se tornam eterno! E de lhe São Paulo!!!!!!!!!

21 de set de 2009

Sem explicação?


Devido aos contratempos, correria o blog estava meio parado. Semanas pra cá, várias coisas aconteceram, e eu, diria que foram boas. Então posto aqui um texto da autoria de Paulo Coelho , "Nada acontece por acaso" e remete as coisas que vem acontecendo com a minha pessoa.

Nada acontece por acaso

De uma coisa podemos ter certeza:
de nada adianta querer apressar as coisas.
tudo vem ao seu tempo,
dentro do prazo que lhe foi previsto.
Mas a natureza humana não é muito paciente.
Temos pressa em tudo!
Aquela situação que você mesmo provoca,
por pura ansiedade
de não aguardar o tempo certo.
Mas poderia dizer:
- Mas qual é o tempo certo?
- Bom, basta você observar os sinais.
Geralmente quando alguma coisa está
Para acontecer ou chegar até sua vida,
pequenas manifestações do cotidiano,
enviarão sinais indicando o caminho certo.
Pode ser a palavra de um amigo,
Um texto lido, um observação qualquer.
Mas com a certeza, o sincronismo se encarregará
de colocar você no lugar certo, na hora certa,
no momento certo, diante da situação
OU DA PESSOA CERTA!
Basta você acreditar
que nada acontece por acaso!
E talvez por isso
que você esteja agora lendo essas linhas...
Tente observar melhor o que está a sua volta.
Com certeza alguns desses sinais
já estão por perto,
e você nem os notou ainda.
Lembre-se que o universo,
Sempre conspira a seu favor,
quando você possui um objetivo
claro e uma disponibilidade de crescimento.


Paulo Coelho

10 de set de 2009

Saudade de Clarice Lispector

"Saudade é um pouco como fome. Só passa quando se come a presença. Mas ás vezes a saudade é tão profunda que a presença é pouco: quer-se absorver a outra pessoa toda. Essa vontade de um se o outro para uma unificação inteira é um dos sentimentos mais urgentes que se tem na vida".

Clarice Lispector

Escuta...


Amo escutar as pessoas. Acho que escutar é um exercício. E exige paciência. Eu acabo na maioria das vezes falando no meio, mas escuto. E pergunto, questiono. Quem me conhece sabe. As minhas perguntas mais freqüentes são: "Como assim"? "Por que"? "Haaa"? "Não entendi". São as frases celebres de Angel. Escutar. Quem não gosta de ser escutado. Desabafar para o amigo. Que coisa boa. E é ai, que muitas vezes erramos. Eu erro, todos erram. A gente não sabe escutar. Gostamos de falar, e como falamos de nós. E é ótimo quando você fala pra alguém e seu amigo lhe escuta, pergunta. Eu tenho essa sensação com vários amigos, eles realmente me escutam. Outros até fingem. Faz parte. Por isso exercito todos os dias. Quando um amigo, conhecido vem me contar algo, escuto, indago. É isso. Fica o recado. ESCUTE.

9 de set de 2009

Pedras no caminho?


Você pode ter defeitos,
viver ansioso e ficar irritado algumas vezes,
mas não se esqueça de que
sua vida é a maior empresa do mundo.
E você pode evitar que ela vá à falência.
Há muitas pessoas que precisam,
admiram e torcem por você.
Gostaria que você sempre se lembrasse
de que ser feliz não é ter um céu sem tempestade, caminhos sem acidentes,
trabalhos sem fadigas, relacionamentos sem desilusões.
Ser feliz é encontrar força no perdão, esperança nas batalhas, segurança no palco do medo, amor nos desencontros.
Ser feliz não é apenas valorizar o sorriso, mas refletir sobre a tristeza.
Não é apenas comemorar o sucesso, mas aprender lições nos fracassos.
Não é apenas ter júbilo nos aplausos, mas encontrar alegria no anonimato.

Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver, apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise.
Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar um autor da própria história.
É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma.
É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.
Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos.
É saber falar de si mesmo.
É ter coragem para ouvir um "não".
É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.

Ser feliz é deixar viver a criança livre, alegre e simples

que mora dentro de cada um de nós.

É ter maturidade para falar "eu errei".
É ter ousadia para dizer "me perdoe".

É ter sensibilidade para expressar "eu preciso de você".
É ter capacidade de dizer "eu te amo".
É ter humildade da receptividade.
Desejo que a vida se torne um canteiro de oportunidades para você ser feliz...


E, quando você errar o caminho, recomece.
Pois assim você descobrirá que ser feliz não é ter uma vida perfeita.
Mas usar as lágrimas para irrigar a tolerância.
Usar as perdas para refinar a paciência.
Usar as falhas para lapidar o prazer.
Usar os obstáculos para abrir as janelas da inteligência.


Jamais desista de si mesmo.
Jamais desista das pessoas que você ama.
Jamais desista de ser feliz, pois a vida é um obstáculo imperdível,

ainda que se apresentem dezenas de fatores a demonstrarem o contrário.



Pedras no Caminho? Guardo todas, um dia vou construir um castelo...

FERNANDO PESSOA


3 de set de 2009

Diversão


"Construí amigos,enfrentei derrotas,venci obstáculos, bati na porta da vida e disse-lhe: Não tenho medo de vivê-la"

Augusto Cury

1 de set de 2009

Outro lugar


Várias vezes. Isso posso afirmar. Muitas vezes. É.
E já deve ter acontecido com qualquer um.
Acontece algo, você respira, pensa mais que dez vezes e seu pensamento é o mesmo, você não para, e sua cabecinha vai imaginando coisas, que quando você cai na vida real, percebe que já não tem cabimento, é demais.
Isso me aconteceu hoje. Eu quase explodi e então chorei, porque chorar pra mim é uma terapia. E foi nesse momento que eu não queria estar no lugar que estava, na biblioteca.
Naquele instante eu queria estar em qualquer lugar, menos ali, respirando aqui.
Incrível que este pensamento logo se ausentou, depois voltei a normal "Angel", e continuei, caminhei.
É esses desejos, vontade que me fazem sair do ar. O porque daquele momento. Porque não outra hora?
É. Tem razão. Seria mais fácil se pudéssemos ao invés de viver, só imaginar. Na verdade o pensamento é pequeno demais para uma só vida!

28 de ago de 2009

Poema

"Desaprender para aprender. Deletar para escrever em cima.
Houve um tempo em que eu pensava que, para isso, seria preciso nascer de novo, mas hoje sei que dá pra renascer várias vezes nesta mesma vida. Basta desaprender o receio de mudar"

Martha Medeiros

24 de ago de 2009

Deficiência, poema de Mário Quintana


"Deficiente" é aquele que não consegue modificar sua vida, aceitando as imposições de outras pessoas ou da sociedade em que vive, sem ter consciência de que é dono do seu destino.

"Louco" é quem não procura ser feliz com o que possui.

"Cego" é aquele que não vê seu próximo morrer de frio, de fome, de miséria, e só tem olhos para seus míseros problemas e pequenas dores.

"Surdo" é aquele que não tem tempo de ouvir um desabafo de um amigo, ou o apelo de um irmão. Pois está sempre apressado para o trabalho e quer garantir seus tostões no fim do mês.

"Mudo" é aquele que não consegue falar o que sente e se esconde por trás da máscara da hipocrisia.

"Paralítico" é quem não consegue andar na direção daqueles que precisam de sua ajuda.

"Diabético" é quem não consegue ser doce.

"Anão" é quem não sabe deixar o amor crescer.

E, finalmente, a pior das deficiências é ser miserável, pois:

"Miseráveis" são todos que não conseguem falar com Deus.

....................................................
Relax.
Assim eu me encontro!!!

21 de ago de 2009

A paixão por Santa Maria


Arrependimento. Essa é a palavra que define o que sinto no momento.
Ter escolhido Santa Cruz para morar e estudar.
Eis que o destino me levou a cidade da Oktoberfest, dos alemão, dos donos do mundo.
A primeira vez que conheci a Unisc, foi amor a primeira vista. Fiquei deslumbrada com a estrutura, organização, limpeza. Tudo muito bonito.
E é claro, uma hora a ficha cai. A gente amadurece. O nosso mundo abri mais leques e não fica mais preso a um "mundinho' fascinante e deslumbrante.
E é o que me aconteceu.
Quero outros caminhos, outros lugares, quero realmente sair dessa Santa Cruz.
E quem sabe o destino me leva a Santa Maria, cidade a qual sou apaixonada, tenho vinculo.
Algo por Santa Maria no passado eu fiz. Quando estou lá me sinto mais leve, de bem comigo. O que é muito bom lá também, é o carisma das pessoas, o que aqui em santa cruz é difícil acontecer, perdoe-me os meus verdadeiros amigos, mas aqui respeito é artigo de luxo.
Mas Santa Maria me cativa. A cidade não é aquela belezura, sempre digo aos meus amigos: Santa Cruz é uma cidade muito linda, bem arborezida, bonita mesmo, mas não têm o que Santa Maria tem, que é o carisma.
Então me perguntam: O que ainda faço aqui em Scs? Terminar de concluir a faculdade, aproveitar o desconto que aqui tenho, já que trabalho na instituição, que por sinal eu digo, amo meu trabalho e por já ter lugar fixo aqui. Não fosse isso eu já estaria no calçadão de Sm.
É bom a gente ter dúvidas, por que só assim temos o direito da escolha!
Isso. Em breve Santa Maria...

19 de ago de 2009

A mente na nossa mente


Hoje me dei por conta da importância que meus pensamentos tem em mim.
É incrível a capacidade da nossa mente. É uma maquina potente. Ela pode construir, abrir caminho, como também pode destruir ou fechar estradas.
Quando meus pensamentos estão longe, logo eu imagino mais coisas, acrescento e o que era normal, agora já é absurdo.
Várias noites em que acordo e não consigo voltar ao sono, fico imaginando coisas e quando me desperto no mundo real, já estou deixando para trás coisas que imaginei em minutos. Uma Angélica já formada, morando em Poa, Sm, ou outro lugar, menos Santa Cruz. Uma Angélica mais feliz, com outros problemas. Isso tudo minha mente construiu.
E, em cada dia, instantes que não são cobrados eu insisto em
reiventar vidas. Nascer ou morrer. Dançar ou sentar. Sorrir ou chorar. Partir ou ficar.
São coisas, imaginações que apenas a nossa mente é capaz de construir e, destruir.



17 de ago de 2009

E volta a correria


Depois de um mês de férias da faculdade, hoje dia 17 tudo volta tudo ao normal.
Correria, provas, trabalhos, estresse.
Isso mesmo.
Não vou negar que estava com saudade da biblioteca mais movimentada , cheia de alunos precisando de ajuda, mas da faculdade não muita saudade.
Então, semana passa me questionei : será que estou no curso certo?
Estou. Sei que falta mais empolgação da minha parte.
No mais, é o jornalismo que pretendo exercitar.
E que venha a correria, a falta de tempo. Tudo isso faz parte da vida de um acadêmico, para daqui a alguns anos a gente senti falta de tanta vontade de correr pra lá e pra cá e ainda assim ir para uma festinha!

10 de ago de 2009

Sentir saudade e perder

A perda de uma pessoa é sempre muito difícil para qualquer um.
A morte para muitos é como um tabu.
Pra mim, é algo que eu trato naturalmente, ou melhor, tento.
Porque, quando alguém que gostamos morre, sabemos que ele NUNCA mais irá estar presente em nossa vida. E, é esse nunca que me entristece, que parte o meu coração.
Saber que nunca mais vou abraçar, conversar, sair, estar com essa pessoa.
Só o tempo para acalmar a perda e a saudade.
Agora tem outra perda que também é ruim.
É quando convivemos com alguém, trocamos idéias, conversas, alegrias, tristezas e essa pessoa ou amigo sai do trabalho e tomo rumo em outro lugar.
Foi o que aconteceu semana passada com uma colega de trabalho que eu admirava muito e pela qual tinha muito carinho.
Está colega querida, estava sempre prestes a me ajudar nas dúvidas que tive logo quando iniciei meu trabalho na biblioteca.
Foi aquela pessoa com quem tive logo muita proximidade.
Eis, que nem tudo é para sempre.
Somos passageiros de vida e com o tempo estaremos "vagabundeando" pela estradas da vida.
E foi esse o destino que minha colega tomou. Não estará mais presente em nosso local de trabalho, mas guardarei boas lembranças!

30 de jul de 2009

A difícil arte de acordar no frio


Gente. É insuportável acordar nesse inverno onde a temperatura oscila entre os 2° e 5 ° C. Para mim, em especial, é como ir para guerra. Tenho pena de deixar minha cama quentinha e abandonar as minhas cobertas e começar o dia. E lá fora mais frio.
Uma mania que tenho e não abro mão no inverno é tomar banho assim que acordo, pois o banho me acorda mesmo. Falo para todos amigos que não curto o inverno.
Quando era criança, era admiradora dessa estação congelada.
Sou mais do verão. Sol, calor, caminhada, praia, comida leve. Ahhh nem falei desse detalhe. Comer. E como eu estou devorando comidas quentes, massas, chocolates, sopas.
Neste frio não da nem vontade de olhar para uma maça. O que eu quero é chocolate quente, um chá também vai.
Mas, como a natureza tem ciclos, e eu sei a importância do inverno. Vou aproveitar enquanto ele não acaba. E quando o verão chegar...não vai faltar mais entusiasmo e calor de sobra!

28 de jul de 2009

Agudo, minha cidade natal

Cascata Radatz
Morro Agudo
Igreja evangélica
Alguns dados sobre a cidade que nasci: Agudo


A cidade encontra-se ao centro do estado do Rio Grande do Sul. Apesar de ter como vizinhos alguns municípios pertencentes à quarta colônia, Agudo é a cidade sede da imigração alemã. A cultura herdada pelos imigrantes é presente até hoje e pode ser observada em algumas manifestações de Agudo como feiras, festas e a tradição da língua alemã, que ainda é ensinada tanto domesticamente quanto nas escolas, preservada principalmente no meio rural. Com isso é possível facilmente ver pessoas falando no idioma.

O nome "Agudo" é devido ao morro localizado na região, denominado Morro Agudo, por ter uma característica acentuada.
A sua economia está baseada no cultivo do arroz, fumo e morango.
Seu povo é muito hospedeiro e trabalhador.

Além de um povo hospedeiro, a cidade é pequena. São em torno de 17 mil habitantes.
Uma cidade tranqüila para morar e é claro, saindo dela a saudade aumenta.


27 de jul de 2009

Vou Deixar Que Você Se Vá


A letra abaixo "Vou Deixar Que Você Se Vá" da banda gaúcha Nenhum de Nós, é a do meu momento. Resumindo : VOU DEIXAR QUE VOCÊ SE VÁ

Quando as coisas estão desabando, mas no momento você não pode chorar. Dança, ri, se diverti. Foi quando está musica tocou e disse tudo. Perfeita para aquele momento

"Vou Deixar Que Você Se Vá"


Minhas mãos estão cansadas
Não tenho mais onde me agarrar
Tudo já se foi Amizade, carinho e amor
Não há mais por que lutar

Minhas mãos estão cansadas

Não vou mais lhe segurar
Vou deixar que você se vá...

Não vou mais lhe segurar
Vou deixar que você se vá (2x)

Procure o seu caminho
Eu aprendi andar sozinho
Isto foi a muito tempo atrás
Mas ainda sei como se faz

Minhas mãos estão cansadas

Não tenho mais onde me agarrar
Não vou mais lhe segurar

Vou deixar que você se vá...

Não vou mais lhe segurar
Vou deixar que você se vá (2x)

24 de jul de 2009

Mais um poema

É preciso não esquecer nada:
nem a torneira aberta nem o fogo aceso,
nem o sorriso para os infelizes
nem a oração de cada instante.


É preciso não esquecer de ver a nova borboleta
nem o céu de sempre.


O que é preciso é esquecer o nosso rosto,
o nosso nome, o som da nossa voz, o ritmo do nosso pulso.


O que é preciso esquecer é o dia carregado de atos,
a idéia de recompensa e de glória.


O que é preciso é ser como se já não fôssemos,
vigiados pelos próprios olhos
severos conosco, pois o resto não nos pertence.

Cecília Meireles

22 de jul de 2009

Fotos


Mimosos


Fonte Clicrbs
Quando fazemos tudo para que nos amem e não conseguimos, resta-nos um último recurso: não fazer mais nada. Por isso, digo, quando não obtivermos o amor, o afeto ou a ternura que havíamos solicitado, melhor será desistirmos e procurar mais adiante os sentimentos que nos negaram. Não fazer esforços inúteis, pois o amor nasce, ou não, espontaneamente, mas nunca por força de imposição. Às vezes, é inútil esforçar-se demais, nada se consegue;outras vezes, nada damos e o amor se rende aos nossos pés. Os sentimentos são sempre uma surpresa. Nunca foram uma caridade mendigada, uma compaixão ou um favor concedido. Quase sempre amamos a quem nos ama mal, e desprezamos quem melhor nos quer. Assim, repito, quando tivermos feito tudo para conseguir um amor, e falhado, resta-nos um só caminho...o de mais nada fazer.

Clarice Lispector

20 de jul de 2009

A gente se parece tanto
A gente está só começando
A gente vai se conhecendo
E vê que ainda não sabe nada
A gente só quer ser feliz
Um mundo mais equilibrado
A gente esquece que o amor
É tudo e não nos cobra nada

JQ - Seis e trinta

Ser mãe


Sábado na casa de minha mãe, em Agudo, interior do Rio Grande do Sul, recebi a visita de minha querida madrinha Cristiana. Ela, que no dia 10 de julho ganhou seu segundo filho:Felipe. Costumo falar para amigos e conhecidos que não quero casar e nem ser mãe. Casar e ser mãe, digo de passagem , é um sonho de todo mulher. Mas o meu não. Acho magnífico ser mãe. Perguntei a uma tia minha que é louca por crianças, porque não foi mãe. Ela disse que devido aos contratempos, mas que, nós mulheres já nascemos com esse dom, de ser mãe. E quando minha madrinha, pois Felipe no meu colo, me deu uma vontade de ser mãe. Dar a vida a um ser . Não sabemos qual destino, o que o futuro nos proporcionará, mas que o mundo continue com tantas mulheres lutadores que dão vida ao mundo!

Boa semana!

17 de jul de 2009

Amigos!


Amizades que levarei para o resto da vida. Adoro e quero o bem todas vocês!


DAR NÃO É FAZER AMOR

Já tinha lido antes esse texto. Hoje uma amiga me mandou por e-mail. É legal

Dar é dar.
Fazer amor é lindo, é sublime, é encantador, é esplêndido.
Mas dar é bom pra cacete.
Dar é aquela coisa que alguém te puxa os cabelos da nuca...
Te chama de nomes que eu não escreveria...
Não te vira com delicadeza...
Não sente vergonha de ritmos animais.
Dar é bom.
Melhor do que dar, só dar por dar.
Dar sem querer casar....
Sem querer apresentar pra mãe...
Sem querer dar o primeiro abraço no Ano Novo.
Dar porque o cara te esquenta a coluna vertebral...
Te amolece o gingado...
Te molha o instinto.
Dar porque a vida é estressante e dar relaxa.
Dar porque se você não der para ele hoje, vai dar amanhã, ou depois de
amanhã. Tem pessoas que você vai acabar dando, não tem jeito.
Dar sem esperar ouvir promessas, sem esperar ouvir carinhos, sem esperar
ouvir futuro. Dar é bom, na hora.
Durante um mês.
Para os mais desavisados, talvez anos.
Mas dar é dar demais e ficar vazio.
Dar é não ganhar.
É não ganhar um eu te amo baixinho perdido no meio do escuro.
É não ganhar uma mão no ombro quando o caos da cidade parece querer te
abduzir. É não ter alguém pra querer casar, para apresentar pra mãe,
pra dar o primeiro abraço de Ano Novo e pra falar: 'Que cê acha amor?'. É
não ter companhia garantida para viajar.
É não ter para quem ligar quando recebe uma boa notícia.
Dar é não querer dormir encaixadinho...
É não ter alguém para ouvir seus dengos...
Mas dar é inevitável, dê mesmo, dê sempre, dê muito.
Mas dê mais ainda, muito mais do que qualquer coisa, uma chance ao amor.
Esse sim é o maior tesão.
Esse sim relaxa, cura o mau humor, ameniza todas as crises e faz você flutuar
Experimente ser amado(a)...

de

LUIZ FERNANDO VERÍSSIMO