28 de set de 2010

Trecho de Cortázar

"O vórtice do pavor sempre foi a manifestação do sobrenatural, daquilo que não se pode tocar nem ouvir nem ver com os sentidos habituais”.

Nenhum comentário: